Cuidados a ter com os seus móveis

Os móveis são elementos importantes nas nossas vidas. A conjugação actual da função versos forma proporciona-nos conforto e qualidade de vida. Conservá-los correctamente, permitirá que se mantenha a beleza natural e prolongará a vida útil dos mesmos, o que é muito importante em relação ao custo/benefício dos recursos que foram investidos e também para o meio ambiente, pois desta forma menos matéria-prima será necessária.

Instruções de manutenção e limpeza

Evite usar produtos que não estejam de acordo com as nossas orientações. Confira algumas indicações sobre como limpar diversos materiais:

Madeira e Folheados

A madeira e os folheados são matérias naturais e como tal, susceptíveis de sofrerem variações do veio e da tonalidade.

Para proceder à limpeza, deve usar um pano macio, ligeiramente húmido e de seguida passar um pano seco em toda a superfície.

No caso de existência de manchas de gordura, deve proceder á sua remoção com o auxílio de um pano macio, ligeiramente humedecido em água e sabão neutro e de seguida repetir o procedimento com um pano seco.

 

Lacados

Os móveis lacados, para que não percam o brilho, devem ser limpos com um pano embebido em água, e por fim passar um pano seco em toda a superfície. Nunca use álcool ou derivados na limpeza dos mesmos. Evite colocar o móvel sujeito á luz solar, para que não haja danificação da cor do mesmo. Não coloque objetos quentes em contacto direto com a superfície. Para obter um melhor resultado, use luvas de lã para limpar este tipo de móvel, evitando desta forma que fiquem marcados com impressões digitais.

 

Inox/Cromado

A componente de inox agregada ao móvel ou a peça em inox, devem ser limpas com um pano macio, ligeiramente humedecido em água morna e sabão neutro. Deve fazer a limpeza no sentido longitudinal, sem movimentos circulares. De seguida deve passar um pano seco de forma a não deixar resíduos de humidade, evitando a oxidação precoce do mesmo. Não deve utilizar produtos abrasivos, esfregões de aço ou esponjas artificiais.

 

Espelhos

Uma boa prática de manutenção e limpeza é fundamental para prolongar a vida útil do espelho. Procedimentos incorretos podem comprometer o revestimento de proteção e ocasionar o aparecimento de manchas decorrentes da oxidação, contribuindo para a rápida deterioração do espelho.

Deste modo, recomendamos as seguintes orientações:

• Deve iniciar a limpeza com um espanador para retirar o pó depositado na superfície.
• Limpe de seguida com um pano macio humedecido em água morna e por fim passe um pano seco em toda a superfície.
• Evite que as bordas do espelho permaneçam húmidas após a conclusão da limpeza.
• Nunca use produtos ácidos ou alcalinos, estes produtos podem comprometer a superfície, as bordas e até o revestimento posterior do espelho.
• Nunca use produtos de limpeza abrasivos, esfregões de aço ou esponjas artificiais em qualquer superfície do espelho.
• Se optar por produtos de limpeza de vidro específicos, prefira os neutros, que não contém amoníaco.
• Nunca borrife qualquer produto de limpeza diretamente no espelho. Em vez disso, aplique-o num pano macio e limpe o espelho.
• Ao limpar o espelho, use sempre panos macios e limpos, para reduzir o risco de riscar a sua superfície.
• Certifique que as arestas e bordas do espelho estão totalmente secas.
• Um ambiente ventilado inibe a condensação de humidade, que pode ser corrosiva e prejudicial à conservação do espelho.

Vidros

Para adquirir uma boa aparência, o vidro necessita de limpeza regular. De seguida sugerimos algumas orientações para que a limpeza seja eficaz:

• Se o vidro se encontra empoeirado, deve iniciar a limpeza com um espanador para retirar o pó depositado na superfície.
• Limpe de seguida com um pano macio (preferencialmente 100% algodão), humedecido com um produto de limpeza de vidro específico para esse fim.
• Passe um pano seco em toda a superfície.
• Quando o vidro tem duas faces (ex. tampo de uma mesa) deve limpar um dos lados com movimentos horizontais e o outro lado com movimentos verticais, deste modo consegue identificar em qual dos lados ainda restam manchas.
• Certifique-se de arejar o espaço durante e após a limpeza para que o objeto de vidro seque por completo, sem deixar manchas.
• Nunca use produtos de limpeza abrasivos, esfregões de aço, esponjas artificiais ou papel de jornal na superfície do vidro.
• Não deve usar álcool na limpeza do vidro, uma vez que este pode provocar manchas no mesmo.
• Evite embates no vidro que possam alterar a estrutura molecular do mesmo.

 

Candeeiros e Abajures

Candeeiros e abajures são equipamentos de iluminação que cada vez mais ajudam a compor a decoração das nossas casas. Como podem ser fabricados a partir de uma grande variedade de materiais, é preciso ter cuidado com a limpeza das peças, para aumentar o seu tempo de vida útil. As nossas recomendações visam numa limpeza a seco, ou seja, sem produtos químicos ou água, utilizando apenas espanador, aspirador de pó ou panos macios (100% algodão) para remover a poeira que se acumula nas peças.

Esta limpeza deve ser frequente, para evitar que o pó impregne nas peças e prejudique, inclusive, sua função de iluminação.

Pode ser usado um pano levemente húmido quando temos presença de manchas ou impressões digitais, mas ter sempre em atenção que deve secar imediatamente após este procedimento.

Não se esqueça de limpar a base (pé) do abajur para completar o processo de limpeza.

 

Tapetes e Carpetes

Limpar tapetes e carpetes requer alguns cuidados. O primeiro deles é saber de que material eles são feitos. Cada matéria-prima tem a forma e os produtos corretos para ser limpa, pelo que, é preciso ter em atenção o tipo de material e seguir sempre as instruções de lavagem da etiqueta. Mas em geral, o aspirador é a melhor maneira para limpar tapetes e carpetes.

Os tapetes e carpetes de fibras naturais devem ser aspirados na potência mínima, para que as suas fibras não fiquem danificadas.

Quando cair algum líquido, coloque imediatamente papel absorvente sem fazer pressão, evitando assim que a mancha penetre mais nas fibras.

Seguidamente, use um pano embebido em água morna e sabão neutro. Nunca esfregue muito no mesmo lugar para evitar a danificação da cor. Deixe secar naturalmente.

Deve rodar o tapete ou a carpete sobre si a cada 6 meses. Se possível não o deve manter no mesmo local, principalmente, nas áreas mais movimentadas.

Estofo em Tecido

As peças com estofo em tecido devem de ser sujeitas a uma impermeabilização aquando da compra. A exposição do estofo em Tecido á luz solar, fontes de calor, para além da utilização de substâncias detergentes não aconselhadas, pode danificar irremediavelmente o revestimento, ao causar rachaduras e perdas de cor.

Se comprar um sofá novo, com revestimento semelhante ao de um artigo e/ou da cor de um que já tinha, é possível que, por causa da individualidade de cada tecido, encontre ligeiras diferenças de tonalidades entre os dois.

Para fazer a limpeza periódica deste material, deve seguir as seguintes orientações:

• Limpe delicadamente, o pó, utilizando uma escova de pelos macia ou um aspirador de pó na potência média. Utilize o acessório apropriado e evite esfregar o mesmo no revestimento.
• Elimine as manchas antes de serem absorvidas excessivamente. Remova rapidamente o líquido da superfície passando um pano branco (ou papel absorvente) não abrasivo. Seguidamente, com um pano limpo humedecido em água morna, passe delicadamente de fora para dentro da mancha. Enxugue imediatamente com um pano seco.
• Obedeça as indicações de lavagem que houver na etiqueta de manutenção.

Estofo em Pele Natural

O estofo em Pele Natural é elaborado sem alterar as características originais do couro. A presença de cicatrizes fechadas, diferenças de granulado, rugas, veios, diferenças de tonalidade da cor e quaisquer outras marcas que a natureza tiver deixado nestas peles, são prova da absoluta genuinidade e testemunham o seu grande valor.
A Pele Natural tem um aroma próprio, característico e natural. Ao toque, transmite a sensação de matéria quente.

À semelhança do revestimento em Tecido, a exposição do estofo em Pele Natural á luz solar, fontes de calor, para além da utilização de substâncias detergentes não aconselhadas, podem danificar irreparavelmente o revestimento em pele, ao causar rachaduras e perdas de cor.

Se comprar um sofá novo, com revestimento semelhante ao de um artigo e/ou da cor de um que já tinha, é possível que, por causa da personalidade única de cada pele, perceba ligeiras diferenças de tonalidades entre os dois.

Para realizar uma limpeza/manutenção eficaz, sem danificar o estofo, deve adotar as seguintes indicações:

• Tire o pó periodicamente com um pano macio.
• Para as manchas secas: escove delicadamente utilizando uma escova de pelos macios ou um aspirador de pó na potência média.
• Para as manchas de substâncias líquidas: remova rapidamente o líquido da superfície passando um pano branco (ou papel absorvente) não abrasivo. Seguidamente, com um pano limpo humedecido em água morna, passe delicadamente de fora para dentro da mancha. Enxugue imediatamente com um pano seco.
Não encharque a superfície do cabedal e enxugue imediatamente com um pano enxuto. Não enxugue o cabedal à luz do sol nem com eletrodomésticos de aquecimento artificial (secador de cabelo, aquecedor).
• Para as manchas de substâncias oleosas: remova delicadamente a substância da superfície com papel absorvente. Não pressione, para evitar que a sujidade penetre nos poros da pele. Com um pano macio, ligeiramente humedecido em água morna e sabão neutro, passe delicadamente de fora para dentro da mancha. Termine a limpeza passando um pano seco em toda a superfície.
• Afaste o sofá pelo menos 50 cm. de fontes de calor tais como aquecedores, lareiras ou salamandras.
• Para manter a cor natural do revestimento, evite expor o sofá diretamente à luz do sol ou de lâmpadas fortes.

Estofo em Pele Sintética

Ao contrário do estofo em Pele Natural, o estofo em Pele Sintética tem a superfície lisa e uniforme (aparentemente sem presença de cicatrizes fechadas, diferenças de granulado, rugas, veios, diferenças de tonalidade da cor). À semelhança dos revestimentos mencionados nos pontos anteriores (Tecido e Pele Natural), a exposição deste estofo á luz solar, fontes de calor, para além da utilização de substâncias detergentes não aconselhadas, podem danificar inevitavelmente o revestimento, ao causar rachaduras e perdas de cor. Se comprar um sofá novo, com revestimento semelhante ao de um artigo e/ou da cor de um que já tinha, é possível que encontre ligeiras diferenças de tonalidades entre os dois.

Para realizar uma limpeza/manutenção eficaz, sem danificar o estofo, deve adotar as seguintes indicações:

• Tire o pó periodicamente com um pano macio.
• Para as manchas secas: escove delicadamente utilizando uma escova de pelos macia ou um aspirador de pó na potência média.
• Para as manchas de substâncias líquidas: remova rapidamente o líquido da superfície passando um pano branco (ou papel absorvente) não abrasivo. Seguidamente, com um pano limpo humedecido em água morna, passe delicadamente de fora para dentro da mancha. Enxugue imediatamente com um pano seco. Não inunde a superfície da Pele Sintética e enxugue imediatamente com um pano enxuto. Não enxugue o cabedal à luz do sol nem com eletrodomésticos de aquecimento artificial (secador de cabelo, aquecedor).
• Para as manchas de substâncias oleosas: remova delicadamente a substância da superfície com papel absorvente. Não pressione, para evitar que a sujidade penetre nos poros da pele. Com um pano macio, ligeiramente humedecido em água morna e sabão neutro, passe delicadamente de fora para dentro da mancha. Termine a limpeza passando um pano seco em toda a superfície.
• Afaste o sofá pelo menos 50 cm. de fontes de calor tais como aquecedores, lareiras ou salamandras.
• Para manter a cor natural do revestimento, evite expor o sofá diretamente à luz do sol ou de lâmpadas fortes.

Colchões

Estudos recentes referem que ao fim de alguns anos de uso, 10% do peso total do colchão é formado por ácaros, poeira e partículas orgânicas. O ideal quando se fala em limpar colchões na verdade é evitar sujá-los, deste modo aconselha-mos a que proteja o seu colchão com um resguardo impermeável e antibacteriano.

Para garantir noites tranquilas e desfrutar do conforto que o colchão oferece deve ter em atenção as seguintes indicações de limpeza/manutenção:

• Aspire o colchão todo usando o utensílio especial para estofados, na potência máxima. De seguida, coloque o colchão a arejar.
• No caso de o molhar, deverá colocar toalhas ou papel absorvente para absorver o líquido imediatamente. Coloque a arejar até ficar completamente seco.
• Nunca dobre um colchão.
• Evite que as crianças saltem sobre o colchão e não se ponha de pé sobre o mesmo.
• Dê a volta ao colchão para uma correta manutenção. Recomendamos que durante os primeiros 6 meses vire e rode, mensalmente, para assentar os enchimentos.
• Não limpe a seco nem molhe os tecidos do colchão (consulte profissionais específicos para as possibilidades de limpeza).
• Proteja os mecanismos elétricos da humidade.
• Quando desembalar o colchão, deixe-o umas horas em local arejado.
• Não apoie objetos perfurantes ou pesados diretamente sobre a superfície do colchão.
• Não utilize o colchão sobre uma base que não cubra 75% da sua superfície ou que esteja em mau estado.
• Não se sente sobre os extremos de uma cama articulada levantados ou em movimento.
• Evite que as crianças ou os animais domésticos manipulem os mecanismos e controlos dos equipamentos articulados ou com espaços auxiliares.